Ana Sofia Mesquita Duarte

Ser mãe em plena pandemia assustou-me. Isolada de todos, concentrei-me no amor que trazia dentro de mim e aprendi que não há força maior que essa.