Ana Vênancio

Reconhecer que cada família tem a sua própria jornada e que não há uma única maneira “certa” de ser pais.
O importante é cultivar um ambiente de amor, respeito e compreensão para com o bebé e para com os outros membros da família.