Catarina Rocha

••••Um Perfume Para Sempre••••

Mãe de onze filhos, avó de dezanove netos (e outros tantos adotados) e bisavó de nove bisnetos. A minha avó, a avó Marinha! A matriarca, a que impunha respeito só com o bater da bengala no chão, a que reunia a família com o intuito de dar valor à mesma, a que me vem à memória de cada vez que me falam em tradições. Festejamos o seu aniversário desde que me lembro, no dia da santa padroeira de Santa Marinha do Zêzere, daí o seu nome. Grandes mesas no terraço, uns petiscos espalhados, o nosso famoso “sumo de fazer” e, nesse dia, comer com as mãos é um prazer. Depois do estômago aconchegado e de lavar as mãos com a água fria, que só há em casa da minha avó, uso o creme que trago sempre na mala. Coloco nas mãos, na cara dos bebés, dos sobrinhos, dos primos…e sempre que gesticulo ou estou perto de alguém que o tenha, sinto o perfume agradável e suave do meu hidratante de eleição da Corine de Farme.
Em 2019 foi último aniversário da avó Marinha mas, no dia 18 de Julho de 2020 a tradição será mantida. Não com o intuito de festejar, mas sim com o intuito de perpetuar os valores que a avó nos transmitiu e que agora não conseguimos passar esse dia de outra forma. Quero que os meus, sangue do meu sangue, sejam capazes de perceber que o mais importante na vida não se vê, sente-se. É Fevereiro e se cheirar o creme que está na minha mala, no meu coração, a minha avó faz anos. É um perfume para sempre!