Jéssica Filipa Ferreira Videira

Na jornada da parentalidade, aprendi que cada bebê é único, e não existe um manual definitivo. O que precisamos é confiar no nosso instinto, abraçar a empatia e aceitar que o amor incondicional é o melhor guia nesta aventura