Jéssica Filipa Ferreira Videira

Ao tornar-me mãe, percebi que não há fórmula mágica, mas sim um constante aprendizado. Se pudesse voltar atrás, gostaria que alguém me dissesse que a empatia é a chave, e que está tudo bem confiar no meu instinto único. Porque, afinal, a jornada da parentalidade é feita com amor e descobertas