Paula Loureiro

O mundo está em “pause” e deu -nos a oportunidade de sentir, estar e cheirar os nossos filhos da forma que eles nos deviam ter de forma instantânea