Paulo Santos

Com o confinamento, eu e a minha família fomos viver para a aldeia para os meus filhos brincarem ao ar livre na Natureza sem estarem fechados em casa.