Sandra Martins

Pedir e aceitar ajuda. Lembra-te que “É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança”. Não penses, nem tentes, dar conta de tudo sozinha. Há pessoas ao teu redor que sabes que estão disponíveis para te ajudar. Pelo teu bem-estar e do teu bebé, pede e aceita algumas dessas preciosas ajudas (seja para dormires um pouco ou receberes uma refeição pronta). Todos precisamos uns dos outros!