Sónia Maria Neves Rodrigues

Definitivamente o melhor deste ano atípico que vivemos foi o facto de enquanto família termos tempo uns para os outros.