Susana Abreu

Era uma vez um mundo em que o “a mamã já vai” é sempre trocado por “vamos JÁ brincar!”, onde temos todo o tempo do mundo para lhes dar o nosso tempo.